quinta-feira, 25 de junho de 2009

DEUS, a BELEZA e EU


O ser humano está passando por profundas transformações
e até assusta pelo conceito de amor, de beleza.
Busca, de acordo com a modernidade, a mudança de suas característica
s
até mesmo de forma exagerada para sentir-se mais jovem, e, por que não, mais bonito.
Reinventar um rosto, um corpo a seu gosto e adaptar-se ao que fabricou.
Busca energia para acreditar que será para sempre.

Cada rosto é único! A beleza está dentro dele mesmo!
Coloque-se diante do espelho e pense que o ser que reflete
é obra de Deus.
Torne-se menos crítico e agradeça, só agradeça.




Deus, a Beleza e Eu

Deus assim me fez... Olho no espelho e me encanto...
Sou uma flor e pertenço à classe das mais belas...
Sou perfeita, pareço mais uma pintura na tela,
e minh'alma se refestela ao vislumbrar.

Afasto-me dos males com cautela,
admirando-me assim como Deus me fez...
Uma obra de arte:
Perfeita, saudável e que de alegria
sempre Deus me farte!

Reconheço essa beleza com perfeição,
vou até as profundezas do meu bem querer,
com Deus segurando as minhas mãos...
Fez-me aceitando como sou, e feliz faço parte
das belezas do mundo, onde nem por um segundo
deixo de agradecer a minha formação.

Com tamanha perfeição, sendo também tão feliz,
agradeço a Deus minha vida, onde tudo tem beleza...
De mim quase não faz parte a tristeza, e com nobreza
sempre O enalteço por Ele achar que mereço.

Digo-Lhe sempre "obrigada" por ser tão abençoada
entre as belezas do mundo...
Dou a Ele como penhor
meu coração agradecido, meu afeto, meu respeito,
minha fé, meu amor.
Obrigada pela beleza do mundo...

E por eu fazer parte dela, Senhor!

Lídia Valéria


Não manipule seu físico.
Não valorize só o avanço tecnológico,
a modernidade.

Você é único!
Lídia Valéria

20 comentários:

Albani disse...

Olá amiga!
Infelizmente, muitos estão presos ao modismo, esquecem de agradecer a vida que possuem.Muitos não se amam, então, têm dificuladade de amar o próximo! Belo texto!Uma reflexão espetacular!

bjs
Albani

Abstenha-se de sobrecarregar os seus
problemas com o peso inútil da ansiedade.

André Luiz /Chico Xavier do livro Paz e Renovação

ótima sexta..e ótimo final de semana

Efigênia Coutinho disse...

Lidia, saudosa de sua pessoa, de sua poesia, onde andas ? Mande noticias, ler você é reenventar a vida e viver tudo novamente, com amor, sua amiga de sempre,
Efigênia Coutinho

Glauco disse...

Que gostoso acessar seu blog aqui em Portugal! Estou divulgando aos portugueses.

Beijão, poetisa-blogueira fenomenal!

Glauco

Glauco disse...

Ora, pois, poetisa do meu coração! Vai ouvir um fado e compor uma declamação! Leio aqui à beira do Tejo tomando vinho do Porto!

Albani disse...

Lidia,
Escute seu filho, suas composições são mágicas. Emocionam sempre!
Parabéns, Glauco!Divulgue mesmo, os portugueses têm que conhecer a beleza da poesia de sua mãe.
Um grande abraço
Albani

Lídia Valéria disse...

Albani, leitora do coração, feliz porque gostou do meu texto.

Sempre temos mais a agradecer do que pedir.

Você me enriquece de forma delicada com seus comentários elogiosos.
Obrigada, amiga leitora.

Lídia Valéria disse...

Efigênia, caríssima amiga, fada dos poetas! Um privilégio tê-la como visita em meu blog.

Seu comentário 'embriagador' faz-me pensar que sou dona de inspirações que possam agradar pessoas como você.
Muito me honram seus elogios, dama da poesia!

Estou aqui, na distância de alguns teclados. Você é inesquecível.
Quase terminando um livro.

Sinta-se abraçada com carinho.

Lídia Valéria disse...

Glauco, meu 'menino'!(portuguezinho)
Tome muito vinho à beira do Tejo.

Aproveite bem a viagem. Tem tudo a ver com Portugal, meu 'menino'.
Vou compor um fado em sua homenagem, meu 'menino'.

Sabe que me deixa muito feliz com seu jeito carinhoso e mágico?

É fato... Você tem magia...

Lídia Valéria disse...

Albani, amiga leitora, tão querida:
A doçura com que fala de mim, de meus versos, deixa-me emocionada. (envaidecida também) Como não ficar?
Meu coração borbulha em emoções.

Você 'alimenta' minhas inspirações, pois faz-me confiante, acreditando que posso continuar a escrever.

Obrigada, amiga, obrigada.

Glauco disse...

Já vou logo compor um fado em homenagem a você... navegando no Tejo e no Mediterrâneo... Ora, pois! A Albani me incentiva, certo?

Depois a gente declama tudo numa casa de fado... com bacalhau e vinho do Porto!

Albani disse...

Amigos, Lidia e Glauco!Sinto-me honrada, em ler textos tão bem escritos por vocês. Lidia continue a iluminar corações com sua poesia.E, vc Glauco componha um fado, em homenagem a essa guerreira, sua mãe!
Lidia, se vc compor um fado para homenagear seu menino, rapaz, homem, deverá ficar belo, pois já imagino a riqueza da composição.
Um grande abraço
Albani

Albani disse...

Afinal, vc sempre expressar bem seu Amor imenso por seus filhos. Imagino que esse fado será rebuscado de sentimentos intensos.
Ai está o incentivo, tanto para o Glauco como para vc amiga poetisa!

Albani

Léo disse...

O mundo tá mudando e as pessoas com ele mudam também. Há a ideologia do novo ser Atemporal rolando por aí... Mais não há somente evoluções positivas.

Eu particularmente acho que a humanidade está se rachando, é como se elas estivessem escolhendo um lado do muro para pular, ao invés de buscar a força no Dual.

Você tem uma visão bonita sobre a formação que Deus fez de tí.

Realmente acho isso sensato uma vez que eu penso também ser um ser único em minha essência.

Deus nos fez a cada um de nós para sermos únicos. E nos deu o dom da escolha do que fazermos com nossas vidas. Só que nestes tempos a humanidade tá meio que perdida e buscando meios de se achar usando de religiões diversas quando na verdade a resposta sempre esteve no nosso EU PESSOAL. Se olharmos para dentro de nós e aceitarmos nossas implicâncias seremos seres melhores. Concorda?

Direto do Rio.
Beijos.

Albani disse...

Lidia
Deus esteja sempre a te inspirar.

AMIZADE

Amigos, foi a titulação mais expressiva
que Jesus destacou para definir os companheiros.

" Isso naturalmente ocorreu, porque nenhum
de nós consegue algo realizar sem amigos que
nos comunguem os pensamentos e nos
auxiliem a concretizar os próprios anseios.

Já que não podes comprar doses de coragem,
ou comprimidos de paciência, nem adquirir
frascos de esperança ou injeções de fé
nas instituições do mundo, eis que te oferecemos
ao coração as páginas de amizade aos mais
belos conhecimentos da vida em frases
despretensiosas e simples, com os nossos votos
ao Senhor para que sejamos todos
- nós - os espíritos encarnados e desencarnados
ainda vinculados à Terra
- sempre mais amigos uns dos outros para que
, todos juntos, possamos prosseguir na
construção do caminho de união e paz, solidariedade
e amor que nos religará, de todo, ao Pai Celestial.

Meimei /Chico Xavier De “Amizade”

bom dia!!!

Regina disse...

Esse é um dos blogs mais belos q já vi. Foi para meu bookmarks.

Lídia Valéria disse...

Albani, receberá um convite para ouvir o meu fado e do meu filho, à beira do Tejo, um bom vinho e dar sua nota, certo, amiga leitora? Eu, meu filho, você e meus admiradores portugueses(rindo aqui)...

Que pretensão a minha, não, amiga?
Bom sonhar... quem sabe, um dia...

Amo fados! Amo Portugal! Mais ainda os portugueses!
Casas de fados, um deleite!

Abraço, querida leitora.

Lídia Valéria disse...

Regina, feliz com seu comentário tão elogioso!

Fez nascer um motivo para minha noite ter brilho de magia, uma verdadeira alegria que adoçou meus sentidos... incentivou meu coração, dando mais sentido ao meu desejo de continuar escrevendo.

Fazer parte de seus 'bookmarks', para mim, é como estar dentro de um porta-jóias...

Obrigada, caríssima leitora.
Você tem doçura.

Lurdes Mota disse...

Esse texto e' de uma pessoa com muita sensibilidade. Gostei muito, parabéns

Albani disse...

Lidia, amiga escritora!
Vale muito a pena, sonhar, o segredo é ter pensamento positivo!
Adorarei ouvir seu fado, como o do Glauco.
Tenho sentido falta de seus textos.É um deleite lê-los.
Um grande abraço
Albani

Lídia Valéria disse...

Lurdes Mota, feliz com sua visita e por ter gostado do texto.

O que deixou registrado sobre a autora, digo, de mim, é gratificante, porém, essa sensibilidade está dividida por quem escreveu e por quem leu, no caso, você, que processou a leitura, assimilou o que tentei passar, sentiu...

Creio que seja pessoa de sensibilidade 'latente', pessoa com certeza, de boas energias.

Sabe elogiar, o que me deixa feliz ao pensar que elogios não estão fora de moda. Isso é um acalanto, amiga leitora.

Fico-lhe grata. Volte sempre.

Real Time Web Analytics