segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Saudade


Saudade é uma palavra triste.
Dentro dela o amor existe.
Como uma borboleta, vagando de flor em flor,
busco com saudade esse amor...
Amor da minha infância,
criança, usava tranças...
sapeca, levada da breca!
Gostava de jogar peteca, andar de bicicleta,
e até puxar os cabelos de minhas amigas "atletas"
que riam me vendo brincar com bonecas...
Saudade de cada momento vivido,
aprendendo a importância de cultivar
boas amizades...
Saudade das cerimônias, em casa,
onde eu recitava... a família se orgulhava...
Mas na hora da meninice, fazia artes!
Doces e bombons dos potes eram roubados!
Eram comidos entre outras gulodices...
Minha mãe em voz alta falava...
e me castigava.
Saudade de minha adolescência,
quando com muita decência namorava...
Beijos roubados, escondidos, molhados...
tão escandalizados... que outrora se negava...
Saudade que no tempo eu não sentia,
mas a verdadeira poesia
está no tempo... ficou pra trás.
Ah!... Eu era feliz e não sabia!
Hoje, só melancolia...
Saudade, desejo ardente,
que o passado se faça presente!
Saudade de ver como eu era antes
de correr atrás do arco-íris...


Lídia Valéria Peres

5 comentários:

SIMONE GOIS disse...

Oi Lígia, que legal sua visita e comentários.
Também andei atacada pela saudade da infância, daqui a alguns dias vou posta o texto que fiz. Vou ler os outros poemas.
Vou te linkar pra gente ficar se falando, tá.
beijos
simone

Glauco disse...

Mãe, até virtualmente você marca presença.

Parabéns!

GLAUCO

Albani disse...

Olá Lídia!
Parabéns!Tua poesia, nos remota as recordações mais tênues da infância.A bela ingenuidade infantil, acariciada por corações felizes.
Simplesmente bela!
Vejo aqui as raízes do Glauco!
Abraço

Lídia Valéria disse...

Simone Gois, obrigada pelo contato.
Fiquei feliz.
Abraço.
¨¨¨¨

Glauco, meu filho, sempre me enaltecendo... Obrigada.
Você, virtualmente, na presença física e como escritor, tem "magia".
Abraço.

¨¨¨¨¨¨
Olá, Albani!...
Sorrindo e feliz, com suas considerações.
Fico-lhe grata.
Visualize flores para você.
Abraço.

Albani disse...

Lídia!Muito obrigada pelas flores, as mentalizei e te retribuo.Deus te fortaleça!
Muita paz!

Real Time Web Analytics