quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Filho...



Filho

Não olha para mim em forma humana.
Encontra-me dentro de ti, em teu coração.
Se acaso te perderes, se precisares buscar-me, aflito... 
por me teres perdido no tempo... no espaço...
Sabes que estás de pés fincados em meu coração, e criaste raiz.
Deixei teu corpo sair de mim...
Vejo-te belo e forte e me regozijo.
Posso abraçar-te... assim, posso abraçar o meu coração, pois és parte de mim.
Não te perco, pois sou tua raiz.
Se em teu caminho quebrares partes, mesmo assim estarás inteiro em mim, pois eu sou o seu todo.
Ao saíres, criaste asas e agora podes voar.
Teu vôo terá meu coração como guia de forma espiritual.
E assim serei eternamente.
Tu e eu somos uma coisa só... Não posso fazer malgrados a ti sem me ferir.
Serei sempre o teu refúgio, pois a raiz não é nada sem o esplendor de seus galhos.
                    E tu nada serás sem a terra que te fez brotar.

Lídia Valéria Peres


                    A disponibilidade do amor de mãe gera amor infinito,
 se desdobra e ultrapassa a barreira do limite, 
unindo a sabedoria à magia...

18 comentários:

Anônimo disse...

Esta é a minha mãe...

Estela

Glauco disse...

Como é bom ver um novo post neste blog que é um jardim de inspiração e reflexão. Publique mais! Suas palavras tocam todos nós.

Glauco disse...

Neste texto, a profundidade que só um grande poeta pode oferecer. Acabo de publicar um comentário aqui, mas agora eu tive que publicar este outro.

Lídia Valéria disse...

Obrigada, meus filhos, Estela e Glauco, meus dois amores.
Partes de mim fora de meu corpo que tenho o privilégio de abraçar. Como Deus é grande, é luz.

Albani disse...

Amiga
Um belo texto, bastante reflexivo, eleva a alma de quem o ler.
Como você, faz falta nesse espaço, suas palavras nos acalenta, sinto-me afagada por essa magia.
Quanto bem, nos faz ler e refletir na vida, lendo seus poemas.
Parabéns, é um deleite ler o que escreves.
Abraço
Albani

Lídia Valéria disse...


Albani, obrigada, amiga!
Seus comentários elogiosos incentivam-me a continuar escrever.
Abraço amigo.

Albani disse...

Lili
Sinta-se a vontade pra escrever à nós, seus leitores.Adoro!
Luz em tua jornada!
Um grande abraço cheio de energia.

Albani disse...

Hoje, precisei de um refúgio, o encontrei aqui.
Um deleite ler todo os sentimento de alguém que expressa bem o que vai na alma. Abração

Albani disse...

Amiga
Sejas imensamente abençoada, tuas palavras sempre chegam na hora certa.
Acredite parece que nos falamos ´por pensamento, e você sempre responde o que gostaria de ouvir.
Muito obrigada
Abração, dessa admirador leitora e amiga.
albani

Lídia Valéria disse...

Em Sábado, 16 de Novembro de 2013 2:10,
Lídia Valeria disse:

Feliz que tenha encontrado algo que a ajudou. Eu sempre volto ao meu blog e releio. Creia, passado o tempo, encontro alento com o que escrevi. É meu coração falando o que minh'alma dita, então, procuro refugiar-me em mim mesma, assim, me encontro, me fortaleço e floresço, ficando um pouco mais fortalecida. É como se procurasse aconchegar minha própria alma. Um tipo quase de introspecção. Sempre as respostas estão no nosso próprio recôndito, basta acessar o nosso coração. Compliquei? Coisas de quem escreve poemas...
Vou tentar postar este final de semana, e devo a ti e seus comentários tão doces, cara amiga.

Acesso sempre:
alma.menteeespirito@coração.com
(Rindo aqui)

Albani disse...

Oi Lili! Saudades!Vim te desejar um excelente e maravilhoso Natal. Muita paz. Que grandes realizações se efetivem na tua vida. Luz e saúde.

Albani disse...

Querida amiga!
Boa tarde
Aqui, renovo as energias, pois seus poemas são lições e energias à abastecer-me.Nunca deixe de registrar sua magia que contagia a quem ler.
Abração saudades.

Lídia Valéria disse...

Albani, sempre me oferece comentários incentivadores.
Feliz que se abasteça de minhas inspirações. Deste-me muitas alegrias com seus comentários em meu blog.
Abraço amigo. Grata, muito grata.

Albani disse...

Boa noite,Lili!
Que maravilhoso ter resposta sua ao meu comentário.
Espero que ao retornar encontre novos poemas inspiradores.
Não desista de postar, amo ler o que escreves.
Deus, sempre te conceda forças e inspiração para nos encantar.
Abração

Lídia Valéria disse...

Obrigada, doce amiga Albani.
Vou postar, sim, qualquer dia.
Que Deus me conceda inspirações para agradá-la e a quem gostar de poemas.
Quase acredito que escrevo poemas que encantam. Você sempre me diz isso.
Um presente, seus comentários elogiosos.
Abraço amigo.

Albani disse...

Lili
Você sabe que escreve bem, queria eu, ter esse dom. Deus te abençoe sempre.
Ler seus poemas me fazem muito bem.
Abração

Albani disse...

Amada, e inspirada amiga Lili.
Grande poetisa, seus versos já muito me instruíram, acalentaram. Que Deus continue a te inspirar.E que tuas doces palavras cheia de magia seja um canto aos nossos ouvidos. Parabéns, querida poetisa Lídia Valéria.

https://www.facebook.com/Laboratoriodistiliblogspotcombr disse...

Deixei teu corpo sair de mim...
Vejo-te belo e forte e me regozijo.
Posso abraçar-te... assim, posso abraçar o meu coração, pois és parte de mim

Sem palavras...

Real Time Web Analytics