domingo, 13 de junho de 2010

Tributo a meu Namorado... do Passado...

Tudo o que é bom dura o tempo suficiente para se tornar inesquecível... A vida só é compreendida olhando-se para trás; contudo, só pode ser vivida olhando-se para a frente.

Meu amor do passado é uma gota no oceano, mas sem ter nada a recordar, o oceano seria menor. Nada faz tão bem como recordar; contudo, sem saudade, senão a vida se torna fugidia.

Penso assim: "Recordar é viver", por isso perco às vezes parte do meu tempo recordando minha história, sem fechar as portas do presente para ficar no passado. O presente, como o próprio nome diz, é um 'presente'. Não se pode viver de olhos fechados para o espetáculo maravilhoso que é a nossa existência.
Quando sonho e devaneio em recordações, com coerência, guardo-as novamente.  

Um pouco de mim:  'Quando me recordo, me sinto mais jovem'.

Tributo a meu Namorado... do Passado...

A lembrança traz ao presente
meu namorado.
Tão longe... no passado.
Meu universo de amor!
Essa lembrança me ajudou a viver.
Restos de sonhos, de fantasia
que outrora eu vivia...
Desse amor meu coração se nutria
para feliz eu viver.
Com ele aprendi a amar, e, sem pensar,
com o feitiço do luar... a me encantar.
O enlevo com seus beijos,
satisfazendo meus desejos,
com gosto de "quero mais"...
Flores para mim colhia, sorria...
A alegria com ele era infinda e
eu de amor borbulhava... 
Sonhava esse amor sempre ter.
Hoje, apenas recordações... 
Não resistiu aos dissabores.
Ficou no passado.
Resta-me como herança
na minha lembrança.
Relembrando esse namorado,
emoção do coração minh'alma arranca.
Doce alento... encantamento...
Pena não ter amado mais...
Apagar essa lembrança?
Jamais.

Lídia Valéria 
De alguma maneira, 
a lembrança do namorado do passado fica; 
porque o passado nunca se aposenta.
Lídia Valéria

16 comentários:

Albani disse...

Amiga, lídia
Feliz é a mente que guarda suas lembranças, como herança, um Amor vivido, e não só sonhado.Que tuas doces lembranças, sempre arranquem de ti emoção, transformando-se em pérolas que encantam.Afinal, o Amor não só encendeia e apaga-se,mas aquece com o trato e marca intensamente.
Abraço
Albani

Lídia Valéria disse...

Querida laeitora e amiga Albani, obrigada pela visita.

Transforma minhas escrtitas em 'pérolas'... Faz de mim uma pessoa feliz.

Como você diz, o amor não só se apaga, pode ser aquecido com o trato. Grande verdade, contudo, nem todos têm tempo suficiente para ser aquecido.

Pena, mas... na maioria, ficam apenas as lembranças.

Anônimo disse...

Amiga
Tenha um lindo dia!
Paz e força em teu caminhar.Seja, sempre tua escrita, exemplo de vivência, transformada em poemas, soubeste aproveitar teu tempo.
abraço

Lídia Valéria disse...

Amiga anônima, obrigada por desejar-me tantas coisa boas.

Se reconhece minha escrita como exemplo de vivência, completou o meu dia; fiquei feliz. Alma generosa a sua.

Fico-lhe grata.
Meu abraço.

Anônimo disse...

Amiga, Lidia!
Não sei o porque que meu segundo comentário apareceu anônimo, mas fui eu que escrevi, Albani.
Abraço, e desculpe-me qualquer coisa.

Albani disse...

Bom diaaaaaaaaaaaaaaaaaa,Lídia!
Vim, te desejar um excelente dia, cheio de magia e paz interior sempre!
Meus alunos da rede pública, dramatizaram no dia da culminância do projeto, a releitura que fizeram do seu texto FESTA CAIPIRA!
Um grande abraço de sua fã
Albani

Renata Martinho disse...

Muito bonito e prazeroso esse seu blog. Minha filha que é professora de linguística na Letras da USP, também vai gostar, vou indicar para ela.

Glauco disse...

Que bom ver essa valorização do Magia do Contato! Merecida! Parabéns!

Lídia Valéria disse...

Albani, amiga leitora, vi no YouTube a dramatização de meu texto FESTA CAIPIRA por seus alunos e fiquei muito emocionada, além de amar o trabalho desses artistas mirins.

Você e seu incentivo 'singular', tanto para com os seus alunos, como para comigo.
Seu rastro fica sempre florido com suas plavras.
Grata, amiga leitora.

Lídia Valéria disse...

Glauco, meu escritor preferido, sua presença me dignifica.

Dizer mais... a você... O quê?

Grata. Grata.

Lídia Valéria disse...

Renata Martinho, caríssima leitora, prazeroso é receber você em meu blog. Honrada por saber que irá indicá-lo à sua filha, com tão honrosa qualificação na USP.

Feliz com suas considerações.

Fico-lhe grata.

Albani disse...

Amiga, Lídia!
Fico feliz, por saber do sucesso de seu blog, que sejas através de tua escrita inspiração, há quem aqui, visite.
Foi um prazer e honra trabalhar com seu texto.
Tenha um lindo dia.

Albani disse...

Oi, Lídia!
Amiga, tenho orado muito porti e pelo Glauco.
Vocês,estão fazendo muita falta por aqui.
Luz e paz em vossa jornada.
bjs

Albani disse...

Aqui, não só encontramos simplesmente magia, mas a magia intensa da amizade.
Feliz dia do amigo, AMIGA!
Poema de Amizade
Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.
Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.
Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.
Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.
Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.
Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Stella Artois disse...

Possui o mesmo nome de minha mãe :}

Honrada estou por comentar em meu blog.Fico fascinada com seus textos e,possuo uma imensa admiração por você,diria uma forte empatia.

Continue sempre a escrever,faça eterno seus pensamentos para que muitos faça sorrir ou chorar junto com você.
Desde já,um obrigado por você existir.São pessoas como você que fazem eu ainda crer que a vida é uma eterna poesia.


Att Stella Antunes.Natal-RN

Lídia Valéria disse...

Stella Artois, que rastro benéfico, gratificante, doce, melodioso você deixou para o meu coração...

Seus comentários (sem soberba), fazem-me voar, sentar-me no enlevo das nuvens — até conversar com elas... Depois volto ao meu espaço, aqui neste chão às vezes tão frio de energias boas. Você deixou com sua visita e palavras, um espaço onde por muitas horas permanecerá um toque de magia — "A Magia do Contato."

Elogiar também é 'magia' e faz parte do coração com ternura — o que você tem para doar.

'Enfloro-me' para lhe dizer obrigada.

Real Time Web Analytics